Associação das Cidades Históricas de MG faz reunião em Paracatu

Por: Camila Rabelo

Prefeito de Paracatu, Vasquinho, fala aos participantes do evento. Foto: Camila Rabelo

Com o tema “O Moderno é Preservar”, representantes de várias cidades históricas de Minas Gerais se reuniram em Paracatu para mais uma reunião. Dentre os presentes, estavam os prefeitos de Diamantina, Congonhas, Caeté entre demais representantes, secretários e profissionais da área. A Câmara Municipal de Paracatu marcou presença com os vereadores Rosival, Glewton, Silvio Magalhães e Graça Jales.

O evento começou com a maravilhosa apresentação da jovem Isabela, a qual cantou o hino nacional brasileiro. Logo após, o coral Stela Maris encantou o público com quatro belíssimas canções cheias de harmonia.

O prefeito de Paracatu, Vasco Praça Filho, abriu a reunião com sua fala. Ao agradecer os participantes, Vasquinho fez menção à importância de se conservar o antigo e na possibilidade de conciliar o velho e o novo. Ao falar sobre a Associação das Cidades Históricas de Minas, o prefeito frisou a necessidade de diminuir as distâncias geográficas dessas cidades através dos laços. “É necessário que a distância em quilômentros seja diminuída, estreitando as relações entre as cidades que fazem parte da associação.” – afirmou Vasquinho.

Em seguida, o presidente da associação Anderson, tomou o microfone para realizar seu discurso. “É um prazer ter Paracatu como associado. Todos nós sabemos que defender nossos interesses em comum, já é bastante difícil, quem dirá sozinho. Paracatu é uma cidade importante para o Noroeste e para toda MG, e é bonito ver o executivo e o legislativo marcando presença em eventos como esse. Minas Gerais é o único Estado que possui três cidades consideradas como patrimônio mundial e, além disso, 70% do patrimônio histórico do Brasil se encontra aqui”. – salientou Anderson. O presidente da associação também chamou a atenção para assuntos como a conscientização da população sobre a importância de se preservar e valorizar o patrimônio histórico de sua cidade. Não menos importante, também citou a necessidade de se investir não somente no monumento histórico, mas também no seu entorno.

Fazendo um breve e interessante roteiro sobre a história de Paracatu, o historiador Alexandre Gama, deu a possibilidade aos presentes de conhecer um pouco mais sobre a cidade. Alexandre explicou que Paracatu é chamada de “a encruzilhada do Brasil Central” e que foi abastecida pelo ciclo do ouro, pela cultura sertaneja e pelos bandeirantes. No final de sua apresentação, leu um bonito trecho do escritor paracatuense Afonso Arinos, encantando os ouvintes.

Num momento seguinte, os prefeitos e demais representantes discutiram assuntos importantes. Dentre eles, foram colocados em pauta o cabeamento subterrâneo nas cidades históricas, a Feira das Américas que aconteceu no Rio de Janeiro, o Portal virtual que está sendo criado para aumentar a comunicação entre as cidades e permitir que elas sejam mais conhecidas e também o I Festival das Cidades Históricas de Minas. Através de um consenso, o Festival que seria realizado ainda esse ano, foi transferido para o ano de 2011.

Finalizando as falas, a secretária de cultura de Paracatu, Marina Cunha, agradeceu a presença de todos, mencionando também a sua felicidade ao ouvir elogios tão sinceros sobre a cidade.

O evento foi finalizado com um Mini Tour pelo centro histórico, e, logo após, por um coquetel e uma confraternização bastante aconchegante.

Fonte: Portal Paracatu

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: