Guanambi, no sudoeste baiano, utilizará papel reciclado em órgãos municipais

Guanambi, no Sudoeste da Bahia: Prefeitura e Câmara utilizarão papel reciclado. Foto: Carlos Lima/Fev. 2010

A Câmara de Vereadores de Guanambi, cidade com quase 79 mil habitantes e localizada a 798 Km da capital baiana, em sessão ordinária na última segunda-feira, 22, aprovou com unanimidade o projeto de lei que dispõe sobre a utilização de papel reciclado por parte dos poderes Executivo e Legislativo municipais.

De autoria do Vereador Hugo Costa, o projeto de lei visa fortalecer no poder público municipal o compromisso com a redução do impacto ambiental oriundo das atividades do dia-a-dia. Com a aprovação, a partir de agora, o papel reciclado será utilizado na confecção de ofícios, projetos, leis, portarias e demais documentos de expediente.

O papel é responsável por cerca de 40% dos dejetos de um município. Assim, é cada vez mais frequente o uso de papel reciclado por grandes empresas, estatais e privadas, que já adotam o papel reciclado em suas atividades diárias, com resultado comprovado dos benefícios oriundos da adoção da consciência ecológica em suas operações.

Para o vereador Hugo Costa, “é preciso que mais empresas adotem esta postura de modo que possam reduzir o impacto de suas atividades no meio ambiente. Com o poder público engajado neste luta, temos o primeiro passo para que mais instituições de Guanambi e região se unam na defesa desta ideia. O município, então, dá sua parcela de colaboração para a manutenção do equilíbrio do meio ambiente, contribuindo para o desenvolvimento da consciência ecológica da população”.

Dentre os benefícios que o papel reciclado oferece por sua utilização, pode-se citar que:

Monitora Eloísa, do Movimento Verde, em Paracatu-MG, exibe papel reciclado na instituição. Foto: Carlos Lima/Set. 2010

  • Necessita entre 50 a 200 vezes menos água para sua produção;
  • Permite poupar de 15 a 20 árvores;
  • Gera empregos: estima-se que sejam gerados cinco vezes mais empregos na reciclagem do papel do que na sua produção;
  • Consome 2 a 3 vezes menos energia;
  • Redução da “conta do lixo”: o Brasil só recicla 30% do sue consumo d e papel, papelões e cartões.
  • Diminui em 75% as emissões atmosféricas, em 25% as descargas para o meio aquático e consome menos 45% de oxigénio durante o processo;

A Prefeitura de Guanambi já encaminhou cópia da lei para todas as secretarias e a adoção do papel reciclado poderá ser observada já em 2011, uma vez que para este ano deve-se cumprir o processo licitatório vigente.

Fonte: Site Farol da Cidade/Guanambi-BA

Com adaptações por Carlos Lima

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: