Paracatu 2030 leva estudantes para o Arquivo Público Municipal

Por: Carlos Lima (*)

Aluno em momento de leitura no Arquivo Público. Foto: Cristiane Andrade/APMOMG

A cidade parece estar caminhando mesmo para um 2030 melhor, pelo menos é o que se pode esperar de crianças, adolescentes e jovens que estão sendo conduzidos até o Núcleo Histórico de Paracatu para conhecerem o legado composto pelo casario, Museu, Arquivo, Casa de Cultura, Igrejas e outros atrativos culturais e históricos.

Alunos da Escola Professor Josino Neiva na fachada do Arquivo Público de Paracatu. Foto: Valtiére Freitas/APMOMG

Denominado “Descubra patrimônio paracatuense”, o projeto de autoria da ADESP (Agência de Desenvolvimento Sustentável de
Paracatu) tem como parceiros a Prefeitura Municipal de Paracatu, a mineradora Kinross Gold Corporation (antiga RPM) e a Acontup (Associação dos Condutores de Turismo de Paracatu), esta última encarregada de conduzir os visitantes até os pontos turísticos e históricos do município.

No interior do Arquivo, informações sobre a história e preservação do meio ambiente são transmitidas para o visitantes. Foto: Cristiane Andrade/APMOMG

No Arquivo Público Municipal os estudantes conhecem a missão da instituição, que é a de preservar, divulgar e dar acesso ao público aos documentos e informações ali custodiados, além de aprenderem sobre a história de Paracatu, desde os tempos de arraial, com base nos registros que são conservados no local.

No laboratório de restauro, o auxiliar Valtiére Freitas apresenta a cópia fotografica do códice das Irmandades para os alunos. Foto: Carlos Lima/APMOMG

Aliada à história e aos métodos de conservação e restauro de documentos, a visita ao Arquivo Público também traz informações importantes sobre a preservação do meio ambiente, como o estimulo à prática da coletiva seletiva e ao uso de ecobolsas (sacolas ecologicamente corretas), que substituem as tradicionais sacolas plásticas, que poluem o meio ambiente.

Auxiliar Cristiane Andrade apresenta a hemeroteca aos estudantes. Foto: Valtiére Freitas/APMOMG

Desde o dia 31 de maio, pelo menos 112 alunos dos 4º e 5º anos da Escola Estadual Professor Josino Neiva conheceram o Arquivo Público Municipal e os demais pontos de visitação existentes no Núcleo Histórico de Paracatu.

Equipe da Acontup: Sophia, Driele e Cleuton unidos em prol do turismo e da sustentabilidade. Foto: Valtiére Freitas/APMOMG

O Projeto “Descubra patrimônio paracatuense” é parte do conjunto de ações previstas no Paracatu 2030, o Plano de Desenvolvimento Sustentável de Paracatu, que dentre outras iniciativas, pretende orientar o crescimento municipal em bases sustentáveis, tanto do ponto de vista econômico e ambiental como social, de maneira a propiciar a melhoria da qualidade de vida para a população, a geração equilibrada de trabalho e renda e o combate à pobreza e às desigualdades sociais e territoriais.

(*) Carlos Lima é graduado em Arquivologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBa), é consultor em organização de arquivos e memória empresarial e exerce o cargo de Coordenador do Arquivo Público Municipal de Paracatu.

Atenção! Caso queira publicar esta matéria, cite o autor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: