Paracatu ganha novo espaço de lazer e integração com a natureza

Por: Carlos Lima (*)

Crianças felizes com a nova opção de lazer e esporte. Foto: Carlos Lima/APMOMG

No alto de uma árvore, um pássaro preto com algumas penas amarelas saúda os visitantes do recém inaugurado Parque Linear do Córrego Rico com um belo canto, que pouco se ouve na cidade. Trata-se do mais novo espaço de convivência e integração com a natureza, que foi aberto ao público desde domingo (05) e que contribuirá para ampliar as opções de lazer, prática de esporte e exercícios físicos em Paracatu.

O pássaro preto, certamente morador da mata existente no local. Foto: Carlos Lima /APMOMG

Localizado próximo ao Bairro Prado e ás margens do Córrego Rico, que no passado já possuíra o título de “praia” e servira de opção para banho, lavagem de roupa, piqueniques, aulas práticas e a exploração aurífera, o Parque Linear é resultado dos esforços conjuntos

Século XX: Professora Eva e seu alunos (do Grupo Escolar Afonso Arinos) tomam banho no Córrego Rico. Foto: Olímpio M. Gonzaga/Acervo do Arquivo Público de Paracatu

entre a Prefeitura Municipal e a Mineradora kinross Gold Corporation, a primeira responsável pela cessão do terreno e a segunda, pela construção do equipamento público, cujo investimento é também uma forma de compensar os impactos causados pelas atividades minerárias.

No balanço, as crianças divertem-se e praticam exercício. Foto: Carlos Lima/APMOMG

Apesar de ter sido inaugurado há apenas três dias, o novo espaço público já caiu no gosto da população, tanto que na tarde desta terça-feira(07) foi possível ver jovens jogando vôlei na quadra, adultos praticando caminhada, crianças pedalando ou mesmo se divertindo nos brinquedos disponíveis.

Mineiros também garimparam no Córrego Rico, no ínicio do século XX. Foto: Olímpio Michael Gonzaga/Acervo Arquivo Público de Paracatu

Em entrevista à TV Paracatu, afilida Rede Minas na cidade, o Prefeito Municipal Vasco Praça Filho (Vasquinho), do PMDB, disse que a

Pistas de caminhada integram as opções de prática de exercícios físicos. Foto: Carlos Lima/APMOMG

parte entregue é apenas a primeira etapa do Parque e que a próxima etapa (ainda sem data para realização) incluirá as ciclovias e também servirá para preservar as nascentes e a mata ciliar.

(*) Carlos Lima é graduado em Arquivologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBa), é consultor em organização de arquivos e memória empresarial e exerce o cargo de Coordenador do Arquivo Público Municipal de Paracatu.

Atenção! Caso queira publicar esta matéria, cite o autor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: