Paracatu poderá ter campus da UFU

Por: Carlos Lima (*)

Com o perfil de uma cidade que se prepara para ganhar status de pólo universitário, Paracatu, que já conta com diversos cursos de nível superior, entre eles, medicina, engenharia, direito, enfermagem e sistemas de informação, poderá ganhar novas graduações, que irão beneficiar a população e incrementar a economia local.

Prefeito Vasquinho, autoridades e lideranças políticas durante o anúncio da possível vinda da UFU. Foto: Carlos Lima/APMOMG

Trata-se do plano de expansão da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), que já tem a cidade do noroeste mineiro como forte candidata a um campus, para o qual estão previstos os cursos de odontologia, farmácia, medicina veterinária, engenharia agrícola e comunicação social. O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira (05) pelo Prefeito Municipal, Vasco Praça Filho (Vasquinho), do PMDB, que na companhia de lideranças políticas locais e regionais, assinou diversas ordens de serviço para a cidade.

A comunidade e estudantes marcaram presença em prol da vinda da Universidade Federal. Foto: Carlos Lima/APMOMG

Obras importantes para o município, como iluminação do perímetro urbano da BR-040, construção do ginásio poliesportivo do Bairro Paracatuzinho, asfaltamento e recapeamento de ruas, construção do Centro Vocacional Tecnológico (CVT) do Bairro Novo Horizonte, entre outras, também foram autorizadas pelo executivo.

Em meio ao ato público, manifestação pacífica dos vizinhos da mineradora. Foto: Carlos Lima/APMOMG

Durante o ato público, manifestantes que vivem em bairros vizinhos à mina explorada pela canadense Kinross Gold Corporation, aproveitaram para erguer faixas contra as atividades da mineradora e o poder público.

Muito otimista e solicitando dos empresários a doação de imóvel para o pleito, o Prefeito de Paracatu afirmou que a decisão sobre a vinda da Universidade estará a cargo do Conselho da instituição de ensino, que verificará se o município preencheu os requisitos para a instalação do campus, como espaço físico e outros investimentos. O chefe do executivo anunciou ainda que a Finom(Faculdade do Noroeste de Minas) dispôs das suas instalções físicas para o funcionamento provisório da UFU, conforme comunicado enviado pelo Presidente daquela entidade, Dr. Virgílio Eustáquio, à Prefeitura.

(*) Carlos Lima é graduado em Arquivologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBa), é consultor em organização de arquivos e memória empresarial e exerce o cargo de Coordenador do Arquivo Público Municipal de Paracatu.

Atenção! Caso queira publicar esta matéria, cite o autor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: