Semana Nacional de Trânsito: O que comemorar?

A disputa por vagas de estacionamento no centro da cidade reflete um crescimento desordenado, que se deu portanto, sem a preocupação com a implantação de políticas capazes de gerirem melhor o trânsito[…]

Por: Carlos Lima (*)

Horário de pico revela o caos no trâsito de Paracatu. Foto: Carlos Lima

Quase 25 mil veículos automotores estão em circulação pelas ruas de Paracatu, de acordo com dados do ano de 2010, provenientes do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Esse número, entretanto, torna-se preocupante quando se constata a inexistência de infraestrutura capaz de acompanhar a crescente demanda por um trânsito menos conturbado.

“]

Wilma Melo Franco Dias passeia de bicicleta na Paracatu do Século XX. Foto: Olímpio M. Gonzaga/Acervo APMOMG.

Paracatu é um município que de forma semelhante à grande maioria das cidades brasileiras, privilegia o transporte individual em detrimento de outros considerados sustentáveis, como ônibus, bicicletas e similares, que beneficiam a coletividade.

A disputa por vagas de estacionamento no centro da cidade reflete um crescimento desordenado, que se deu portanto, sem a preocupação com a implantação de políticas capazes de gerirem melhor o trânsito e garantirem a segurança de todos os usuários das vias públicas, especialmente do pedestre.

Projeto de Lei Nº 2857/2011 dos vereadores João Macedo (do DEM) e Sílvio Magalhães (do PTB), que institui a taxação sobre os condutores de veículos durante o uso de vagas em determinados horários e logradouros do município, a chamada Zona Azul, caminha lentamente desde quando foi aprovado na Câmara Municipal em março deste ano, já que ainda aguarda a sanção do Poder Executivo Municipal, conforme informação da vereadora Graça Jales (do PSB), na tarde desta segunda-feira (19).

Com exceção de alguns trechos urbanos que ainda carecem de melhor sinalização, como faixas de pedestres, semáforos e lombadas, é possível destacar principalmente a Avenida Joaquim Murtinho, no centro de Paracatu, onde poderia existir maior fluidez e segurança no tráfego, não fosse a inexistência de monitoramento e de ações educativas e punitivas, que pudessem coibir as constantes infrações cometidas por condutores no local.

Veículo sobre faixa de pedestre na Avenida Joaquim Murtinho. Foto: Carlos Lima/Ago. 2011

Uma breve passada pela via mencionada e é comum flagrar todo tipo de desrespeito à legislação: Fila dupla, engradados utilizados para demarcação de estacionamento de carga e descarga em frente a Supermercado, motos estacionadas em vagas destinadas a carros, veículos parados em frente a rampas de acesso para deficientes e também sobre faixas de pedestres, bicicletas em trânsito pela contramão, entre tantas outras infrações.

Motociclista se envolve em acidente em via movimentada de Paracatu. Foto: Carlos Lima

E o que dizer do uso do celular? Com este aparelhinho, tem gente tão “habilidosa” que consegue fazer manobra, passar a marcha e até conduzir motocicleta com criança na garupa (quem sabe se não é o próprio filho?!) sem problema, afinal quem os punirá? Um acidente, talvez. Paracatu também não apresenta cenário diferente com relação ao uso do celular ao volante.

Na principal via de acesso à cidade, placa chama a atenção para o direito do pedestre. Foto: Carlos Lima

No momento em que se comemora a Semana Nacional do Trânsito, entre os dias 18 e 25 deste mês, evento este definido no artigo 326 do Código Brasileiro de Trânsito, Paracatu ainda tem do que se orgulhar: É também um dos raros municípios brasileiros que tenta cumprir a lei quando o quesito é dar preferência ao pedestre, quando este quer atravessar a sua faixa.

(*) Carlos Lima é graduado em Arquivologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBa), é Pós-Graduado em Oracle, Java e Gerência de Projetos, é consultor em organização de arquivos e memória empresarial e exerce o cargo de Coordenador do Arquivo Público Municipal de Paracatu.

Atenção! Caso queira publicar esta matéria, cite o autor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: