Arquivo Histórico de Erechim, no interior do Rio Grande do Sul, completa 31 anos

Em um coquetel comemorativo aos 31 anos do Arquivo Histórico Juarez Miguel Illa Font, prefeito Polis destacou a construção coletiva e falou sobre o processo de relocação do museu junto à estação ferroviária

Por: Prefeitura Municipal de Erechim (*)

Prefeito Polis, da Cidade de Erechim, fala durante o coquetel de aniversário do Arquivo Histórico. Foto: Lucas Faitão/ASSECOM PM ERECHIM

Erechim (RS) – 18/11/2011 –  O Arquivo Histórico Juarez Miguel Illa Font, localizado em Erechim, município a 362 Km de Porto Alegre, completa na próxima sexta-feira (18) 31 anos de funcionamento. Porém na última quinta-feira (17), o prefeito Polis participou de um coquetel organizado pela equipe do Arquivo Histórico.

            Na ocasião o coordenador do Arquivo Rodrigo Alves Pereira, destacou a presença de todos os convidados e disse que “é gratificante ver tanta gente que preserva a história de nosso município presentes nesse ato, isso mostra unidade e nos dá a dimensão de como nossa comunidade cuida de nossas raízes”, destacou.

            Já o prefeito Paulo Polis destacou o trabalho desenvolvido pela equipe do Arquivo Histórico, e enalteceu a participação dos colaboradores quanto a preservação da história do povo erechinense. “Respeitar nossa história é tarefa essencial para desenvolvermos um projeto de sociedade empreendedora, capaz de crescer na coletividade, essa fraternidade característica de nosso povo é o que faz com que o município cresça e se desenvolva com solidez. E é nessa perspectiva de respeito à nossa história que conseguimos a poucos dias junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres, a empresa América Latina Logística e ao governo Federal, o termo de cessão de uso da área da estação ferroviária que servirá para instalarmos o nosso museu nesse marco de crescimento regional e integrado da nossa história, nos reuniremos com a comunidade para pensarmos a melhor forma de instalação do museu bem como o seu funcionamento, perto da estação temos um projeto para a construção de um terminal rodoviário urbano, que auxiliará substancialmente no bom andamento do nosso trânsito, essa é mais uma conquista histórica para Erechim”, comemorou.

            Estiveram presentes no evento representantes da UERGS, UFFS, URI, professores e historiadores que contribuem diretamente com o Arquivo Histórico municipal e secretários municipais. O Arquivo Histórico foi criado pela Lei nº 1.717, em 18 de novembro de 1980, com o objetivo de resgatar, guardar, conservar e divulgar a história de Erechim. Busca a conscientização sobre a importância do documento histórico e trabalha pelo acesso à informação, princípio básico da cidadania. Sob sua guarda estão acervos documentais, fotográficos, orais e visuais.

            O Arquivo desenvolve trabalhos de organização e classificação do acervo fotográfico e registro das mesmas, classificação de documentos, resgate de dados históricos, pesquisa de informações, entre outras atividades. O atendimento ao público se dá nos seguintes horários: no turno da manhã das 8 horas às 11h30min e no turno da tarde das 13h30min às 18 horas, de segunda-feira à sexta-feira. Nas quintas-feiras à tarde é expediente interno, não havendo, atendimento ao público.

(*) Publicado originalmente em 17/11/2011

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: