Escolas municipais dão pontapé inicial no cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos

A primeira fase prática começa nas escolas, depois, o projeto será testado no bairro Vila Mariana, para, então, ser levado a toda a comunidade

Por: Assessoria de Comunicação/ Prefeitura M. de Paracatu (*)

Treinamento sobre a prática da coleta seletiva e logística reversa. Foto: ASCOM/Prefeitura Municipal de Paracatu

Paracatu (MG) – 07/05/2012 – A Secretaria de Meio Ambiente começou na manhã desta quinta-feira (03/05), com os alunos da Escola Márcia Macedo Meireles (CAIC), a implantação da fase inicial do programa de coleta seletiva e logística reversa do município. Em Minas, a iniciativa é uma das primeiras políticas públicas relativas a Lei 12.305 (Política Nacional de Resíduos Sólidos), a serem implantadas em 52 escolas da rede municipal, estadual e privada.

Com o objetivo de aumentar a eficiência e eficácia da coleta seletiva no município, o projeto tem três etapas de implementação. Segundo a secretária de Meio Ambiente, Claudia Torres, a divisão desta forma faz com que o contato da sociedade com o projeto seja direto, porém gradual. “Iniciamos com as escolas, para depois seguir para as comunidades. A conscientização tem que ser eficiente e efetiva”, frisou. A primeira fase prática começa nas escolas, depois, o projeto será testado no bairro Vila Mariana, para, então, ser levado a toda a comunidade.

“Na primeira fase do programa implantaremos o projeto nas escolas, assim faremos palestras, orientações e entregaremos os kits necessários para a separação do lixo. Em contrapartida, pedimos que cada série, cada classe, faça um projeto na mesma linha. Peça teatral, apresentação de música, mutirões de recolhimento de pilha e óleo, são exemplos que poderão mostrar que os alunos realmente aprenderam”, observou Claudia.

Durante o dia todo, crianças e adolescentes aprenderam mais sobre a separação do lixo e correta destinação dos mesmos. “O trabalho nas escolas incentiva que os alunos levem o conhecimento para casa, estimulando a separação de lixo no âmbito familiar. Essa consciência coletiva é muito importante, tendo em vista que, mensalmente na Coopercicla separamos e prensamos cerca de 78 toneladas de lixo. Lixo esse que que se transforma aliado do meio ambiente pois não vai poluir rios, ruas, tornando a vida mais saudável”, explicou André Isac, secretário da Coopercicla.

A Vila Mariana será o bairro-piloto, que será o primeiro a implantar o novo programa, assim como aconteceu na época em que foi instituída a coleta seletiva na cidade. “Quando a coleta seletiva começou em Paracatu, o nosso bairro foi escolhido para ser o primeiro e, desde então, acompanhamos esse serviço. Na associação sempre orientamos os moradores quanto a destinação do lixo, e a cada dia a comunidade se empenha mais. Nos dados da Coopercicla, o Vila Mariana tem, há tempos, posição de destaque dentre os bairros que mais separam os recicláveis”, comentou Deusdete Ferreira de Souza, presidente da associação da Vila Mariana.

(*) Publicado originalmente em 04/05/2012. Com alteração do título.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: