Prédio da Estação Mogiana estará restaurado até julho para abrigar nova sede do Arquivo Público de Uberaba

Por: Geórgia Santos/JM Online

Modernização: Nova sede doArquivo Público de Uberaba em perspectiva. Fonte: Prefeitura Municipal de Uberaba

Uberaba (MG) – 30/05/2012 – Obras da nova sede do Arquivo Público Municipal estão em fase de conclusão e a inauguração deve ser realizada em julho. O prefeito Anderson Adauto visitou as obras da nova sede, na praça Doutor José Pereira Rebouças, na Mojiana. De acordo com a diretora do Arquivo, Lélia Bruno, apesar de atrasos normais, a obra está na fase final, e funcionários já se preparam para a mudança.

Predio da Estação Mogiana de Uberaba será nova sede do Arquivo Público Municipal. Foto: JM Online

De acordo com o engenheiro Francisco Capanema, da empresa API Engenharia, responsável pela execução da obra, até o fim do mês os trabalhos estarão concluídos. No momento está sendo realizada a parte de acabamento, como a colocação do ladrilho hidráulico no pátio externo, iluminação, fechamento com os gradis e o mezanino com vidros.

De acordo com Lélia, estão sendo construídas a Estação Memória, com um prédio do Arquivo Público, que já está quase pronto, a Casa do Artesão, que também está em andamento, e ainda a Academia de Letras, cujo projeto já está pronto. No futuro ainda será construído o Museu da Música Caipira, com a desativação da área da estação. Com a reforma e adaptações dos antigos galpões da Estação Ferroviária, a nova sede do Arquivo Público contará com sala de reunião, auditório, biblioteca de apoio, departamento fotográfico e de mídia, salas de estudo, estúdio de microfilmagem, entre outras estruturas próprias para o local. A sede terá 1.014m².

Nova sede do Arquivo Público de Uberaba em obras. Foto/Reprodução: TV Integração/Fev. 2012

Na obra estão sendo investidos R$750 mil, sendo que R$600 mil são oriundos do Ministério da Cultura, por meio de emenda do deputado federal licenciado e secretário de Ciência e Tecnologia e Ensino Superior de Minas, Narcio Rodrigues, e R$150 mil de contrapartida do município. Ainda no local funcionará o Memorial da Imprensa. “Já estamos nos preparando para a mudança, a Fundação Cultural já fechou contrato com uma transportadora para levar os materiais até a nova sede. Portanto, vamos começar a acondicionar o acervo, que hoje está num galpão que tem mais de 15 mil processos. Estamos distribuindo por setores, e a partir do dia 10 de junho vamos encerrar o atendimento ao público na atual sede, com o intuito de termos tempo suficiente para empacotar os materiais”, explica.

(*) Publicado originalmente em 26/05/2012. Com alteração do título.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: