Conselho Municipal dos Direitos da Mulher entrega carta aos candidatos a Prefeito de Paracatu

Por: Elisângela Mesquita (*)

Casa da Mulher Cristina Carolina Caldas, no Núcleo Histórico de Paracatu. Foto: Carlos Lima / Acervo Arquivo Público de Paracatu / Março 2012

Paracatu(MG) – 04/10/2012 – O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher – CMDM, objetivando reafirmar a responsabilidade dos candidatos a prefeito com as políticas de gênero direcionadas, elaborou uma carta compromisso que foi entregue a todos os candidatos a Prefeitura de Paracatu.

Cientes de que para construir uma cidade com a melhor qualidade de vida exigem-se homens e mulheres trabalhando juntos, como iguais, os candidatos se comprometeram a criar uma estrutura de governo capaz de articular a implantação da Coordenadoria Especial da Mulher, com a finalidade de coordenar e acompanhar políticas e diretrizes, assim como desenvolver projetos visando combater a discriminação por sexo, defender os direitos da mulher e garantir a plena manifestação de sua capacidade no âmbito municipal.

Membros da Casa da Mulher e os candidatos a Prefeito de Paracatu (no sentido horário) Edmundo Sá (PMDB), Almir Paraca (PT), Dr. Bebeto (PTB) e Olanvo Condé (PSDB). Foto: Acervo Casa da Mulher

Além da edição de um decreto regulamentando o funcionamento da coordenadoria, os candidatos também se comprometeram, dentre outras coisas, à articulação junto ao Estado de Minas Gerais para a implantação da Delegacia da Mulher, com equipe multidisciplinar para acolhimento, inclusive plantão 24 h aos sábados e domingos e apoio para as Policias Militar e Civil na capacitação de patrulheiros para abordagem e atendimento humanizado a denúncias relacionadas à violência domestica.

Segundo a presidente do CMDM, Elisângela Mesquita (30), essa carta é uma importante ferramenta de auxilio ao Conselho, que é um órgão de caráter deliberativo e de composição paritária, vinculado ao governo municipal e que desde 1996 quando criado, tem por finalidade assegurar á mulher através de políticas públicas os seus direitos sociais, econômico, político e cultural na sociedade.

(*) Elisângela Mesquita é servidora pública municipal e Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher em Paracatu-MG.

Maiores informações e integra da carta – 3671-4014

 Fonte: Casa da Mulher Cristina Carolina Caldas

Anúncios

Uma resposta

  1. Elisângela Mesquita | Responder

    Muito bom Carlos, vc é nota 10!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: