Executores da “Chacina de Unaí” pegam mais de 200 anos de prisão

Há quase dez anos, quatro funcionários do Ministério do Trabalho que apuravam denúncia de trabalho escravo em fazendas de Unaí, no Noroeste de Minas Gerais, foram executados. Possíveis mandantes do crime, entre eles os irmãos Mânica, devem ser julgados ainda em setembro

Confira esta e outras manchetes clicando abaixo na versão digital de O Movimento, o seu Jornal necessário!

O_movimento_capa_ed_443

Fonte: Jornal O Movimento/Paracatu-MG

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: