Manuscrito de Napoleão Bonaparte será leiloado

Documento contém últimos desejos do Imperador da França

Por: Rede Catarinense de Rádios (*)

Uma carta com os últimos desejos de Napoleão Bonaparte será leiloada nesta quarta-feira em Paris, na França, informou o jornal The Guardian. O documento em questão é na verdade uma cópia – valiosa – do testamento original, que se encontra nos arquivos nacionais do país. Logo após o imperador exilado registrar os seus últimos desejos em carta, seu ajudante a reproduziu em outro pedaço de papel. “Esse documento é muito especial em meio ao grande volume de documentos que foram produzidos nesta era”, disse Pierre Gheno, um especialista na vida do imperador francês. A expectativa é que o documento alcance o valor de 120 000 euros.

A carta foi escrita por Napoleão, então com 51 anos, em 16 de abril de 1821, apenas dezenove dias antes de sua morte. No documento, ele expressa o deseja de ter suas cinzas jogadas sobre o rio Sena, em Paris, e faz menção à presença do povo francês durante a cerimônia. Segundo a casa de leilão Douot, responsável pela venda, o imperador admitiu a um amigo que estava escrevendo a carta porque pressentia a proximidade da morte. “Meu filho, já é tempo de eu ir. Eu sinto isso”, teria dito.

napoleon-bonaparte_Fonte_nova_acropole_org_br“Napoleão sempre escrevia de um jeito factual. Mas nesta carta nós vemos emoção, dizendo que gostaria que suas cinzas fossem jogadas pelo rio Sena na presença do amável povo francês. Ele sabia que estava morrendo”, acrescentou Gheno. O pedido de Napoleão, contudo, não foi atendido pelo rei Luís XVIII, que assumiu o governo depois dele e temia a volta do bonapartismo. Por esse motivo, as cinzas foram levadas ao museu dos Inválidos, em Paris, no ano de 1840, quase duas décadas após a sua morte.

A carta foi escrita durante o período em que Napoleão viveu exilado na ilha de Santa Helena, no Oceano Atlântico. Ao pedir no documento para que os seus bens fossem repartidos entre amigos que também moravam na ilha, Napoleão deixou transparecer a delicada situação financeira que enfrentou após a derrota para os britânicos na Batalha de Waterloo, em 1815. Entre os bens, estavam poucas joias, esculturas, louças de porcelana e uma pintura. “Ele tinha uma vida muito modesta. Possivelmente, ele não tinha nada de valor”, afirmou Gheno.

A causa da morte de Napoleão nunca foi comprovada. Alguns especialistas acreditam que o imperador francês foi envenenado, enquanto outra ala de historiadores defende que Napoleão tinha um câncer de estômago.

(*)Fonte: http://www.portalrcr.com.br

Reproduzido com alteração do título.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: